Grupo USJ

Cargill e Grupo USJ concluem joint venture e criam a SJC Bioenergia

São Paulo, 19 de setembro de 2011 - A Cargill e o Grupo USJ concluíram o processo de joint venture para constituição da SJC Bioenergia. A nova sociedade reúne os ativos industriais do Grupo USJ no Estado de Goiás, representados pelas Usinas São Francisco, em operação desde 2007, na cidade de Quirinópolis, e a Usina Cachoeira Dourada, em construção no município de mesmo nome. Com capacidade de processamento de até 7,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar em 2013, a SJC Bioenergia une a experiência da Cargill na comercialização global de açúcar e etanol ao conhecimento de 65 anos do Grupo USJ na indústria canavieira.

A SJC Bioenergia tem gestão compartilhada, com participação de 50% para cada um dos sócios. Passa a ser, também, sucessora dos contratos de fornecimento de cana-de-açúcar mantidos com produtores da região e que abastecem suas duas usinas. Além da produção de açúcar e etanol, a SJC Bioenergia vai gerar energia elétrica a partir de bagaço de cana, com capacidade para suprir sua própria demanda e ainda destinar os 2/3 excedentes ao sistema nacional de energia elétrica.

Segundo Ingo Kalder, diretor responsável pela SJC, o número atual de funcionários é de 2.195 e será superior a 3.000 em 2013, a partir da conclusão de Cachoeira Dourada. Hoje, as duas usinas produzem 5 milhões de toneladas de cana, que resultam em 170 milhões de litros de etanol, 420 mil toneladas de açúcar a cada safra e 350.000 MW ano de energia. Com a moagem de 7,5 milhões de toneladas de cana, a produção em 2013/2014 incrementará 200 milhões de litros de etanol e ainda 200.000 MW ano de energia elétrica. "O projeto de expansão das usinas Cachoeira Dourada e São Francisco permitirá, nos anos seguintes, dobrar a capacidade de moagem, alcançando cerca de 15 milhões de toneladas de cana, adicionando módulos de 2,5 milhões de toneladas a cada dois anos, o que incluirá a SJC Bioenergia entre os maiores grupos produtores de açúcar e etanol no Brasil" , conclui o executivo.

Segundo Marcelo Andrade, diretor do negócio açúcar e etanol da Cargill no Brasil, o investimento vai ao encontro da estratégia da Cargill neste segmento. “Tratam-se de duas usinas novas, com escala de produção competitiva, em uma região que adota práticas modernas de plantio e colheita 100% mecanizados”, lembra o executivo, ao comentar também ser esta uma das regiões do país de maior potencial de crescimento para este setor. A Cargill realizou seu primeiro investimento neste setor em 2006, quando adquiriu 64% do capital da Cevasa, em Patrocínio Paulísta (SP), uma associação com produtores daquela região, e com o novo investimento amplia sua participação.

Para Hermínio Ometto Neto, presidente do Grupo USJ, um dos fatores relevantes para a escolha da Cargill foi o alinhamento de valores organizacionais entre os dois grupos, adicionalmente à experiência técnica. "O Grupo USJ tem know how avançado no setor sucroenergético e suas usinas estão estrategicamente localizadas na região de expansão de cana mais promissora do país. A Cargill é uma das maiores empresas de alimentos e também uma das principais tradings de açúcar do mundo", diz.

A Cargill já possui participação societária na Cevasa, usina localizada em Patrocínio Paulista (SP), que recentemente dobrou sua capacidade de processamento de cana, alcançando 3 milhões de ton/ano e passou a produzir também açúcar. "As duas usinas da SJC em Goiás mantêm uma sinergia, escala de produção competitiva e concepção de projeto que permite rápida expansão. Estudamos, ainda, a possibilidade de fabricar outros produtos na região, provenientes de novas tecnologias", afirma Marcelo de Andrade, diretor do negócio Açúcar e Etanol da Cargill no Brasil. "E a região adota práticas de plantio e colheita 100% mecanizadas, com produtores comprometidos com o desenvolvimento do setor", lembra Andrade, enaltecendo o potencial de Goiás para o segmento sucroenergético.

Sobre a Cargill
A Cargill produz e comercializa internacionalmente produtos e serviços alimentícios, agrícolas, financeiros e industriais. Fundada em 1865, a companhia emprega 130.000 funcionários em 63 países. A Cargill ajuda seus clientes a alcançar o êxito por meio da colaboração e da inovação, e está comprometida a usar seu conhecimento e experiência globais para superar desafios econômicos, ambientais e sociais onde quer que faça negócios. Para mais informações, visite www.cargill.com. No Brasil desde 1965, a Cargill tem sua origem no campo, a partir das atividades agrícolas, e hoje constitui uma das maiores indústrias de alimentos do País. Com sede em São Paulo (SP), a empresa está presente em 13 Estados brasileiros por meio de unidades industriais e escritórios em cerca de 130 municípios e mais de 7 mil funcionários.

Sobre o Grupo USJ
O Grupo USJ é um dos principais produtores de açúcar, etanol e bioeletricidade no Brasil. Fundado em 1941, atualmente processa em cada colheita em torno de 8 milhões de toneladas de cana em duas plantas: S. João (Araras, SP) e S. Francisco (Quirinópolis, GO). Outra usina está em construção em Cachoeira Dourada, GO. Com aproximadamente 5.000 funcionários, o Grupo USJ visa ser uma empresa líder e inovadora em processos e produtos relacionados à cana, adotando uma forma sustentável de produzir alimentos e energia renovável.